Carlos Aragao

(10-17-1959 / Brazil)

Esquecerte


Viviamos pelo entardecer,
Entre sol, mar, serenidade e saudade…
Viviamos entre vozes únicas,
Um som único e irreal...

A espera da declaração nos movia,
Nos acalentava,
Não se perdia...

O som único, e só nosso,
Era mais que motivação,
Éramos tudo e nada,
Um ponto de conciliação...

Te imaginei entre versos não ditos,
Entre poemas não escritos,
Entre desejos obscuros,
Em uma vida que éramos mais que puros...

Me imaginei num jardim secreto,
Entre pedras perdidas, buscadas e encontradas,
Entre sinos intocáveis, em momentos memoráveis...

Mas mais que tudo, te vi pura,
Fruto de meu saber.
Um sonho compartido,
Em cada alvorecer...
Me perdi no que nao eras,
Por eleger uma quimera...

Amei uma mentira,
Me perdi em minha própria ira...
Me perdi ao realmente conhecer te,
Me entreguei a uma mentira latente,
A um calor onipresente, uma paixão inconsequente...

Mas éramos mais que únicos,
Perfeitos em todos os sentidos,
Uma mentira compartida,
Um amor, mais que real, completamente perdidos.

Me ajoelho e mendigo,
Por nada mais lembrar de ti,
Por apagar o tudo, por nunca pertencer te.
Me ajoelho e mendigo,
Pelo dia de esquecerte.

Submitted: Wednesday, January 16, 2013
Edited: Wednesday, January 16, 2013

Do you like this poem?
0 person liked.
0 person did not like.

Related Poems


Read this poem in other languages

This poem has not been translated into any other language yet.

I would like to translate this poem »

word flags

What do you think this poem is about?

Comments about this poem (Esquecerte by Carlos Aragao )

Enter the verification code :

There is no comment submitted by members..

Top Poems

  1. Phenomenal Woman
    Maya Angelou
  2. The Road Not Taken
    Robert Frost
  3. If You Forget Me
    Pablo Neruda
  4. Still I Rise
    Maya Angelou
  5. Dreams
    Langston Hughes
  6. Annabel Lee
    Edgar Allan Poe
  7. If
    Rudyard Kipling
  8. Stopping by Woods on a Snowy Evening
    Robert Frost
  9. I Know Why The Caged Bird Sings
    Maya Angelou
  10. Invictus
    William Ernest Henley

PoemHunter.com Updates

New Poems

  1. Barbaric Veneer Layered History Of This .., Terence G. Craddock
  2. An Unreal World, Sandra Feldman
  3. Indifference Sows Consequences, Terence G. Craddock
  4. I am Instant, saint cynosure ( Ken Bennigh ..
  5. Shake Loose my Skin, Angela Khristin Brown
  6. A World of Lies, Hebert Logerie
  7. Fenced In To Be Viewed, Lawrence S. Pertillar
  8. Eid 2014, mazHur Butt
  9. Going Mad, Is It Poetry
  10. My Tears Dry On Their Own, Mpho Tsakata

Poem of the Day

poet Robert Herrick

Here we are all, by day; by night we're hurl'd
By dreams, each one into a several world.... Read complete »

   
[Hata Bildir]