Carlos Aragao

Rookie - 24 Points (10-17-1959 / Brazil)

Dependencia - Poem by Carlos Aragao

Dependencia

Mais que oceanos,
Uma vida nos separa.
A tua, a minha, e todas as outras.
Numa sequencia quase exata de todas as perdas.

Era uma solidao uma vez,
Um beijo esquecido …
Entre promessas que nao cumprimos.

Era uma dor pelo nao dito,
Um grito nunca exposto,
Uma reza, um rito.

Foi um sonho importado,
De vidas que somente sonhamos,
Uma intimidade, para todo sempre negada,
Na plasticidade do que nao fomos.

Mas nos negamos o ultimo minuto,
Em que nos enfrentaríamos finalmente,
Entre dores e planos desfeitos,
Numa verdade e uma febre demente.

No espanto de toda verdade,
O que me assusta e que a cada dia,
Ao despertar… (e ante a luz do sol)
Encaras tua propria covardia.


Comments about Dependencia by Carlos Aragao

There is no comment submitted by members..



Read this poem in other languages

This poem has not been translated into any other language yet.

I would like to translate this poem »

word flags

What do you think this poem is about?



Poem Submitted: Monday, September 26, 2011

Poem Edited: Tuesday, September 27, 2011


[Hata Bildir]