Hebert Logerie

Bronze Star - 2,243 Points (Haiti)

A Cor Do Ébano - Poem by Hebert Logerie

Vamos celebrar a cor de ébano,
Hoje à noite
No escuro.
Vamos celebrar a cor de ébano,
Durante todo o tempo,
Quando o vento
Canta a chegada da temporada,
E a despedida da colheita.
A cor preta é eterno,
E outros são efêmeros.
É a cor do solo,
Que dá origem a fetos,
Pretty lírios,
E alienígena e rosas.
É também a cor do meu país,
E aqueles de todas as outras regiões
Espalhadas por todo o mundo.
Celebramos esta cor fértil
Nutre humanidade.
Vamos comemorar esta cor profunda
Quem sabe como manter sua beleza.
Vamos comemorar esta noite,
No abismo da noite
A cor de ébano,
As flores de todas as cores,
E a Terra, as mais belas rainhas,
A mais bela deusa que inspira felicidade.


Poet's Notes about The Poem

LUPITA NYONG'O

Comments about A Cor Do Ébano by Hebert Logerie

There is no comment submitted by members..



Read this poem in other languages

This poem has not been translated into any other language yet.

I would like to translate this poem »

word flags

What do you think this poem is about?



Poem Submitted: Tuesday, March 4, 2014

Poem Edited: Tuesday, March 4, 2014


[Hata Bildir]