Carlos Aragao

Rookie - 14 Points (10-17-1959 / Brazil)

Luas Desconhecidas


E hoje, olhei a lua como nunca...
De uma maneira desconhecida,
Ja sem medo de perder te.....

Ainda me encontro,
Com ou sem lua,
Num mistério a parte,
Numa estrada sem rumo,
sem beijo e sem sorte...

Te vejo como uma luz,
Mas ainda sem cor,
Um desejo sem dono,
Uma oração sem louvor....

Te quero como um mito,
Uma dor inexistente,
Um pecado acontecido,
Uma flecha dissidente.

Te imagino sem desculpas,
Sem temores e destinos...
Te querendo como um sonho,
Sem certeza, tempo ou realidade...

E te vejo como um vulto,
Um fantasma do que serias,
Um místico momento feliz,
Um momento de aprendiz...

E no espaço te tenho,
Como um sonho possível,
Uma vida sem medo,
Uma estrada sem dono...

Um detalhe de esperança
(não e muito por pedir...)
Um detalhe de razão,
A total parada de um coração...

Uma vida continua,
(assim te tenho)
Em um silencio perene,
Num corpo que me enlouquece...

Uma lua que não conheço,
Uma dor sem sentido,
Um desespero...

Uma lua desconhecida,
Uma vida completamente indecidida...
Um passo tropesso,
Uma mentira mal dita.

Submitted: Tuesday, July 15, 2008
Edited: Sunday, March 25, 2012

Do you like this poem?
0 person liked.
0 person did not like.

Read this poem in other languages

This poem has not been translated into any other language yet.

I would like to translate this poem »

word flags

What do you think this poem is about?

Comments about this poem (Luas Desconhecidas by Carlos Aragao )

Enter the verification code :

There is no comment submitted by members..

Trending Poets

Trending Poems

  1. The Road Not Taken, Robert Frost
  2. A Child's Christmas in Wales, Dylan Thomas
  3. Do Not Go Gentle Into That Good Night, Dylan Thomas
  4. I Heard the Bells on Christmas Day, Henry Wadsworth Longfellow
  5. Daffodils, William Wordsworth
  6. Still I Rise, Maya Angelou
  7. Christmas Trees, Robert Frost
  8. January’s Sad Refrain, Teresa Dearing
  9. Fire and Ice, Robert Frost
  10. No Man Is An Island, John Donne

Poem of the Day

poet Henry Wadsworth Longfellow

I heard the bells on Christmas day
Their old familiar carols play,
And wild and sweet the words repeat
Of peace on earth, good will to men.

...... Read complete »

   

New Poems

  1. Spring in the Holy Land, Nero CaroZiv
  2. A Man Of Different Charectarestics, Musa Ndhlovu
  3. Ever Hike in Hope, Pintu Mahakul
  4. The Past, Eugene Latumbo
  5. Lovely Hand, Pintu Mahakul
  6. There you are, Cee Bea
  7. Memories:, Gaurav Pandey
  8. Loneliness, Col Muhamad Khalid Khan
  9. Christmas Tree, Zoila T. Flores
  10. I Did Not Ask Him, But Said He, I Am A M.., Bijay Kant Dubey
[Hata Bildir]