Gustavo Dourado

Rookie (05/18/1960 / Recife dos Cardosos-Ibititá(Irecê) - Chapada Diamantina/Rio São Francisco-Bahia-Brasil)

1968: O Ano Que Continua... - Poem by Gustavo Dourado

1968: O ano que continua...

Gustavo Dourado


Foi um ano muito louco:
E o povo preocupado...
Ditadura...AI-5:
Tempo Militarizado...
Generais de 5 estrelas:
Comandavam o Estado...

1968:
Foi um marco na história...
Falava-se em Socialismo:
Mudança de trajetória...
Aquarius...Libertação:
A nova era de glória...

Aprendi a enxergar:
As vozes da ideologia...
Um movimento rebelde:
Mudou nosso dia-a-dia...
Tropicalismo em voga:
Festivais...Filosofia...

Ouvi Chico...Caetano:
Gil, Bethânia e Gal...
'Pra dizer que não falei das flores':
Era o grito geral....
Canto, cinema, poesia:
Com um toque surreal...

Rádio de Havana...Moscou:
Os discursos de Fidel...
Botafogo-campeão:
A leitura do cordel...
Poesia à flor da pele:
Encantador menestrel...

Falava-se de Jean-Paul Sartre:
De existencialismo...
Simone de Beauvoir:
Teoria e criticismo...
Glauber e Cinema Novo:
Anti o Imperialismo...

Marx era obrigatório:
Dialética, leninismo...
Começo da Ecologia:
Livros sobre trotskismo...
Movimento Estudantil:
Comuna e Anarquismo...

Em maio de 68:
Eu estava na Bahia...
Morava em Irecê:
Iniciava em poesia...
Ouvia rádio à noite:
E estudava de dia...

Era ligado em Repente:
Gostava de cantoria...
Acompanhava no rádio:
Os ecos da rebeldia...
Ainda era menino:
De pouca coisa sabia...

Parentes estudavam fora:
São Paulo, Rio de Janeiro...
Ouvia-se muitas histórias:
Sobre o fim do mundo inteiro...
Besta-Fera...Anti-Cristo:
E um dragão aventureiro...

O nosso povo dizia:
Que o mundo ia acabar...
Mulheres de mini-saia:
Começavam a se mostrar...
Homens cresciam o cabelo:
Ficavam sem barbear...

Che, Lennon, Gandhi, Raul:
Sociedade Alternativa…
Os Hippies deram o sinal:
Pra comunidade ativa…
Chega de monetarismo:
Pra alma não ser cativa…

Foi um ano magistral:
De luta, arte, energia
Movimento planetário:
Leitura e rebeldia
É ano que continua:
Vivo em nossa fantasia...

Gustavo Dourado
www.gustavodourado.com.br


G ustavo Dourado. Poeta e cordelista.Letras(UnB) . Pós-graduação em artes, literatura, teatro, gestão e linguagens artísticas.Autor de 11 livros.Premiado na Áustria.Selecionado pela Unesco.Tema de teses de mestrado e doutorado www.gustavodourado.com.br http: //cordel.zip.net


Comments about 1968: O Ano Que Continua... by Gustavo Dourado

There is no comment submitted by members..



Read this poem in other languages

This poem has not been translated into any other language yet.

I would like to translate this poem »

word flags

What do you think this poem is about?



Poem Submitted: Tuesday, July 1, 2008

Poem Edited: Friday, July 10, 2009


[Report Error]