Casimiro de Abreu

(4 January 1839 – 18 October 1860 / Barra de São João)

Casimiro de Abreu Poems

1. Bálsamo 6/7/2012
2. Berço E Túmulo 6/7/2012
3. Borboleta 6/7/2012
4. Canção Do Exílio 6/7/2012
5. Canto De Amor 6/7/2012
6. Clara 6/7/2012
7. De Joelhos 6/7/2012
8. Desejo 6/7/2012
9. Deus 6/7/2012
10. Dores 6/7/2012
11. Eu Nasci Além Dos Mares 6/7/2012
12. Folha Negra 6/7/2012
13. Fragmento 6/7/2012
14. Horas Tristes 6/7/2012
15. Ilusão 6/7/2012
16. Infância 6/7/2012
17. Juramento 6/7/2012
18. Juriti 6/7/2012
19. Lembrança 6/7/2012
20. Meus Oito Anos 6/7/2012
21. Minh'Alma É Triste 6/7/2012
22. Minha Mãe 6/7/2012
23. Mocidade 6/7/2012
24. Moreninha 6/7/2012
25. Na Estrada 6/7/2012
26. Na Rede 6/7/2012
27. No Álbum De J.C.M. 6/7/2012
28. No Jardim 6/7/2012
29. No Lar 6/7/2012
30. A Valsa 6/7/2012
31. Amor E Medo 6/7/2012
32. Anjo 6/7/2012
33. Noivado 6/7/2012
34. O Baile! 6/7/2012
35. O Que? 6/7/2012
36. Orações 6/7/2012
37. Palavras A Alguém 6/7/2012
38. Palavras No Mar 6/7/2012
39. Perdão! 6/7/2012
40. Perfumes E Amor 6/7/2012

Comments about Casimiro de Abreu

There is no comment submitted by members..
[Report Error]