Gustavo Dourado

Rookie (05/18/1960 / Recife dos Cardosos-Ibititá(Irecê) - Chapada Diamantina/Rio São Francisco-Bahia-Brasil)

Cordel Do Aquecimento Global - Poem by Gustavo Dourado

Cordel do Aquecimento Global
Gustavo Dourado


Terra em aquecimento:
Mudança de temperatura
Seca, fome, tempestades
Terremoto na estrutura
Furacões e maremotos:
Morte, medo e amargura...

Poluem de todo jeito:
Sujam a atmosfera
Desrespeitam a natureza
O poder é besta-fera
Global neoliberalismo:
Capitali$mo: megera...

Metano, gases, carbono:
Petróleo e querosene
Óleo diesel, gasolina:
Salve o bioquerosene
Biogás e biodiesel, use:
Pare o verbo envenene...

Chuva ácida...efeito estufa:
Gera-se a calamidade
T$unamis...hecatombe$
Tufões, fome, tempestade
Enxofre, ácido sulfúrico:
CO2...Insanidade...

Queima de derivados:
Petróleo em combustão
Preservem a biosfera
Chega de poluição
É hora da biomassa:
Tempos de preservação...

Energia cinética dos rios:
Eólica e hidroelétrica
Energias renováveis
Parem com a termelétrica
Usem agroenergia:
Salve a bioenergética...

A Terra está com câncer:
Doente do coração...
A natureza está ferida
Deu ferrugem no pulmão
Furacões e maremotos:
Dores da poluição...

Radiações...poluentes:
Agricultura industrial
Desertificação e degelo
Devastação cultural
Evaporação dos oceanos:
Desrespeito ao natural...

Diminuição da cobertura do gelo:
Desaparecimento da calota polar
Retração do gelo e da neve
Cresce a radiação solar
Mudança dos padrões climáticos:
Aumento do nível do mar...

Queimadas...desmatamentos:
Poluentes na atmosfera
Desastres e hecatombes
Terror sob a nossa esfera
Queimam a alma da Terra:
Assassinam a biosfera...

Mil desastres naturais:
Os pólos a descongelar
Aquecimento das águas
Natureza a reclamar
Prenúncio do Apocalipse:
Ninguém pára pra escutar...

Emissão de gases poluentes:
Efeito estufa mortal
Seca, fome, terremotos
O homem provoca o mal
Só progresso e consumismo
Não preserva o natural...

Fim da Floresta Amazônica:
No aquecimento global
Subida dos oceanos
Em tsunami global
O homem gera a morte:
Com a poluição letal...

Nossa Terra pega fogo
Em calor descomunal
Desmatamento insano
Muito incêndio florestal
Efeito estufa, chuva ácida:
O aquecimento é fatal...

Gases de todo o tipo:
Óxido nitroso no ar
Muito dióxido de carbono
Para nos incomodar
Rareia o oxigênio:
Nossa vida a esquentar...

Protocolo de Kyoto:
Bu$h nâo quis respeitar
Jogam gás na atmosfera
Sem ligar para o azar
Poluem o mundo e o fundo:
Oceano, terra e ar...

Precisamos nos re.unir:
Desaquecer átomos.fera...
Evitar o con$umismo:
Não adorar a Be$ta-feera...
Abolir o ego.i$mo:
Fluir amor zenova era...

Gustavo Dourado
www.gustavodourado.com.br


Comments about Cordel Do Aquecimento Global by Gustavo Dourado

  • Antonio Cabral Filho (2/1/2017 7:19:00 AM)

    Antonio Cabral Filho - RJ
    Parabens Gustavo Dourado! Belíssima iniciativa. (Report) Reply

    0 person liked.
    0 person did not like.
Read all 1 comments »



Read this poem in other languages

This poem has not been translated into any other language yet.

I would like to translate this poem »

word flags

What do you think this poem is about?



Poem Submitted: Wednesday, April 9, 2008



[Report Error]