Nina gáspari

Rookie (05/13/1985)

Isso - Poem by Nina gáspari

Minha calma não me acalma
Seu medo não me assusta
Meus incansáveis pés se cansam
Dessa sua incessante busca
Meus caminhos não me acham
Seus sonhos não me sonham
Minhas intermináveis conversas buscam o fim
Dessa sua inigualável mania de ser boca aberta
Meus medos não me assustam
Nem sequer repercutem em minha alma
Buscam refletir ou ao menos ser, a sombra do meu carma
Aí chega você...e sua calma
Isso me desarma..
Isso me acalma


Comments about Isso by Nina gáspari

There is no comment submitted by members..



Read this poem in other languages

This poem has not been translated into any other language yet.

I would like to translate this poem »

word flags

What do you think this poem is about?



Poem Submitted: Thursday, April 28, 2011

Poem Edited: Tuesday, May 10, 2011


[Report Error]