Juliana Senra

Comments about Juliana Senra

There is no comment submitted by members..
Best Poem of Juliana Senra

Pertencer

O amor dos outros é ridículo,
Exagerado, banal, forçado,
Inspirado nas canções e nas novelas,
E por isso tão impessoal.
O amor dos outros é lamechas,
Dominador, um desatino.
Coitado de quem ama!
De quem enovela o seu destino
Com o de alguém incerto,
De quem se deixa estar ardendo
Num fogo que escolhe e aceita.

Mas tendo um vislumbre dele,
Um breve esquecimento da razão
Oferecendo domínio ao sentimento,
Não há mais desagrado, mais dúvida
Que te habite, e tudo é límpido e natural.
Já não é mau ser banal e cantar o amor
Ou ter a ...

Read the full of Pertencer