Ana Maria Tavares


Liberdade - Poem by Ana Maria Tavares

Só uma poeira da vida nos cabe na mão!
Porque só uma poeira podemos segurar…
Caem as horas sobre nós como furacões
Sugamo-las com a mesma rapidez de ontem,
Com a mesma monotonia de amanhã…

Perdem-se os nossos dias em tarefas iguais.
Todas as manhãs maquilha o espelho o rosto que sai
E o chão sabe de cor os passos que o alongam…
Tratar de mais um dia para alimentar o corpo…


Comments about Liberdade by Ana Maria Tavares

There is no comment submitted by members..



Read this poem in other languages

This poem has not been translated into any other language yet.

I would like to translate this poem »

word flags

What do you think this poem is about?



Poem Submitted: Thursday, May 29, 2008



[Hata Bildir]